RNA: O ESSENCIAL

Os seres humanos possuem cerca de 22.000 genes, que contêm os modelos para produzir proteínas que realizam funções essenciais no organismo.

As proteínas são como “animais de carga” moleculares, envolvidas em quase todas as funções no nosso organismo e uma proteína defeituosa frequentemente resulta em doença. Mais especificamente, algumas doenças podem ser causadas pela superprodução de uma ou mais proteínas, enquanto outras doenças são causadas por deficiências de proteínas.

 

proteina

 

As proteínas são produzidas em células onde os genes no DNA são “transcritos” em modelos de RNA que são, então, processados e “traduzidos” em proteínas pelo maquinário celular.

 

protein synthesis

 

EXPLORE A SÍNTESE DE PROTEÍNAS

  • Esta animação ilustra a produção de uma proteína a partir do DNA em um único gene que é transcrito em um RNA mensageiro (mRNA) exclusivo.
  • Núcleo celular
  • Uma enzima “descompacta” o DNA de dupla hélice e monta as bases livres de nucleotídeos (A, C, G, U) de RNA em uma fita que complementa o modelo da fita de DNA.
  • A fita resultante — conhecida como RNA mensageiro precursor (pré-mRNA) — é composta de seções que se alternam e são chamadas íntrons e éxons.
  • Apenas os éxons contêm as instruções para produzir uma proteína, e os íntrons são removidos da fita de pré-mRNA.
  • Em seguida, os éxons sofrem splicing em conjunto para formar um mRNA maduro.
  • O RNAm maduro é transportado para fora do núcleo celular e no citoplasma.
  • As bases de nucleotídeos no mRNA especificam a ordem dos aminoácidos, os blocos de construção usados para produzir proteínas.
  • Um ribossomo se liga ao mRNA e RNAs transportadores (tRNAs) levam os aminoácidos para o complexo ribossômico.
  • Movimentando-se ao longo do mRNA, o ribossomo coleta aminoácidos dos tRNAs e os monta em sequência para formar uma proteína.
  • Depois de montada, a proteína é transportada pelo maquinário celular para realizar sua função.
of

Nossos agentes terapêuticos direcionados ao RNA dirigem o maquinário celular envolvido na produção de proteínas. Esses medicamentos podem ser desenhados para aumentar ou diminuir a produção de uma proteína envolvida em uma doença.

 

tech_fpo

 

Ao trabalhar no nível da genética, os medicamentos direcionados ao RNA são potentes ferramentas com o potencial de abordar doenças que, de outra forma, não podem ser tratadas com medicamentos de moléculas pequenas ou medicamentos biológicos tradicionais.

 

nucleo celular